sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Padre recebe punição após celebrar missa em hoverboard

Vídeo mostra padre celebrando uma missa sobre um hoverboard (skate elétrico) nas Filipinas (Foto: BBC)Religioso nas Filipinas saudou fiéis e cantou música de Natal em skate elétrico e acabou afastado pela diocese para "refletir" sobre atitude.

Um padre foi condenado por autoridades eclesiásticas nas Filipinas após a divulgação de um vídeo em que aparece celebrando uma missa sobre um hoverboard (skate elétrico). 

O religioso, que não teve o nome divulgado, pode ser visto circulando por uma igreja na província de Laguna, em meio a aplausos dos fiéis. 

"Isso foi errado", afirmou, em nota, a diocese de São Paulo, responsável pela região de Laguna.

A nota da diocese diz que o padre saudou as pessoas e cantou uma música de Natal enquanto circulava de hoverboard, e que agora está afastado da paróquia para "refletir". 
"A Eucaristia demanda o maior respeito e reverência. É a maior forma de devoção da Igreja, e não uma celebração pessoal em que alguém pode caprichosamente introduzir algo para chamar atenção", diz a declaração da diocese. 
A autoridade eclesiástica afirma ainda que o padre viu o episódio como um "alerta". 
Uma versão do vídeo foi publicada no Facebook pelo grupo católico tradicionalista Novus Ordo. O registro foi amplamente compartilhado, mas motivou reações diversas na rede social. 
"Desrespeito total e completo não apenas pelo Senhor mas também pela salvação de todas aquelas pobres almas", afirmou Scott LaLonde. "E além de tudo ele nem conseguia cantar." 
Outros usuários demonstraram apoio ao padre e elogiaram seu "espírito brincalhão". 
"Isso é divertido", disse Rob Trainor, do Canadá. "Sou católico, mas não um praticante que vai à missa regularmente. Se houvesse mais padres como esse, talvez ficaria interessado em voltar à missa. Se as pessoas continuarem apegadas a tradições, vocês irão perder até os católicos mais fervososos." 
As Filipinas são o terceiro país mais católico do mundo, com um número estimado de 80 milhões de fiéis. 
Com 81% da população declaradamente católica, a cultura e a sociedade do país se misturam aos ensinamentos da Igreja. Leis do país também muitas vezes são baseadas em valores católicos tradicionais.



Nenhum comentário:

Postar um comentário